Celina Molinari – Arquitetura e Interiores
HOME » Escolhendo o Rodapé

Escolhendo o Rodapé

16 de outubro de 2015

O Rodapé dá acabamento ao piso, emoldurando-o. Faz também uma transição elegante entre o piso e a parede.

É comum as pessoas terem dúvida na hora de escolher o rodapé para sua residência ou estabelecimento, já que atualmente existe uma gama muito grande de opções. Então elaborei algumas dicas para auxiliá-los nesse sentido.

Regras básicas: Não é aconselhado fazer assoalho de madeira e rodapé de porcelanato, pois sua instalação necessita de uma massa cuja umidade pode danificar o piso de madeira. Já o inverso (piso de porcelanato e rodapé de madeira) é autorizado, porém lembre-se: os rodapés de madeira e MDF não podem ser lavados! Então se essa for a sua escolha, prefira colocá-lo em áreas secas!

No encontro do rodapé com a guarnição da porta atente para a junta entre as duas peças. A guarnição deve ser um pouquinho mais grossa do que o rodapé. Se precisar, use um sóculo para fazer o acabamento entre eles.

sócolo

Detalhe: Sóculo entre rodapé e guarnição.

Os rodapés de madeira precisam de uma junta de dilatação (para contrair e dilatar sem trincar a peça). Os vinílicos são cortados rente à parede e não precisam de junta. No caso de a parede ter ondulações, o rodapé torna-se uma necessidade estética e o mais indicado é o de Poliestireno ou EVA (borracha não tóxica) branco, que é uma peça neutra, que fica bem em qualquer tipo de piso, além de ser impermeável!

Combinando Piso e Rodapé:

Para pisos cerâmicos, vinílicos, porcelanatos, mármores, granitos e pisos de madeira (assoalhos, carpete de madeira), é comum utilizar o mesmo do piso, independe do padrão ou cor escolhida. Dá um efeito de continuidade interessante.

Cerâmico

Granito

Caso você queira que ambos tenham tons amadeirados, siga o padrão do piso e não dos móveis!

Madeira

Se você estiver na dúvida e quer um rodapé curinga, opte por rodapé branco! É um dos meus favoritos por sinal! O rodapé branco vai com tudo, até com cimento queimado! Além disso, confere um efeito sofisticado ao ambiente.

Fica lindo usá-lo com piso de madeira (clara ou escura), ou também para dar destaque para alguma parede!

001-alabama-street-residence-construction

83fc3f425aa507828b00eab09a3e473b

e7c797b2a318080746c0f9c3df382b2e

6a64f39daa901aa6831a657daab02e60

Altura:

A altura padrão gira em torno de  a 15cm e isso vale para todos os tipos de piso. No entanto, as peças altas (de até 30cm de altura) Estão sendo muito usadas! Principalmente na cor branca ou em granito para banheiros e lavabos. Além de ressaltar a cor da parede e a tonalidade do piso, o ambiente parece ter mais profundidade. Existem, inclusive, alguns modelos empilháveis, que podem ser instalados um acima do outro.

sala-apratamento-rodapé-branco-600x400

4e23f9db07125c8cf436a5b6b338e52f

Residencia-JC-41-850x1274

Em paredes revestidas com algum material diferente como tijolo a vista ou pedras, por exemplo, não há necessidade de se colocar rodapé.

001-loft-247-fernanda-marques-1050x697

001-vd-house-guilherme-torres

Reto ou Redondo?

Os rodapés retos remetem a um estilo mais moderno, enquanto os mais trabalhados são mais clássicos.

Uma tendência atual é o uso de frisos. Dá um efeito muito interessante e um destaque sutil .

086a748588db6946d5827a93a67cf685

Vale destacar que os modelos mais retos acumulam mais sujeira, por isso, para ambientes que exigem uma limpeza mais rígida, opte por modelos arredondados.

Rodapé convencional

Rodapé Embutido:

É um detalhe comum feito a partir de um recuo na parede, exatamente na altura e largura do rodapé, para embuti-lo na parede.

Rodapé embutido

embutido

Rodapé Invertido ou Parede Flutuante:

É um detalhe bem contemporâneo, feito com um perfil metálico em L embutido na massa da parede, que cria um pequeno vão na parte inferior da superfície. O efeito fica muito interessante! Parece que a parede está flutuando! O problema é o acúmulo de sujeira no vão, que dificulta a limpeza.

Parede Flutuante

001-alma-desnuda-house-hajj-design

 

Para Lavar

Para os rodapés de madeira e MDF revestidos, o pano úmido já é suficiente. É preferível que o rodapé de madeira seja laqueado,  para que fique mais resistente. Se você preferir pintar as peças de madeira ao invés de laqueá-las, recomenda-se utilizar tinta látex semibrilho, que facilita a limpeza.

As peças vinílicas e de porcelanato não têm restrição quanto à água, o que facilita a limpeza.

Os rodapés de EVA e Poliestireno são também muito práticos para limpeza, pois são impermeáveis e podem ser lavados.

 

VEJA MAIS

7 respostas para “Escolhendo o Rodapé”

  1. Celi Maria Molinari disse:

    Ola!
    Boa tarde!
    Gostei muito das dicas, estou construindo minha casa , e o dilema era, qual rodapé usar, vou seguir suas dicas preciosas..
    Ah, só um comentário: Nossos nomes são parecidos,, sou Celi Molinari

  2. Rodrigo disse:

    Olá Celina,

    Estava pesquisando na internet sobre rodapés e guarnições e encontrei uma matéria legal no seu site de escolher o rodapé e fiquei com uma dúvida com relação ao meu rodapé e espero que me ajudem.

    Tenho em casa o piso carvalho hanover da durafloor com o rodapé padrão clean branco nevado de 8cm e gostaria de saber qual guarnição devo colocar pq a durafloor não faz guarnições e não posso utilizar o rodapé como, não acho nenhuma q seja parecida com o rodapé, existe alguma da santa luzia que seja parecido? Será que terei que trocar a casa toda para que tudo combine?

    Agradeço a atenção e parabéns pelo site, muito bom para nossas dúvidas de decoração.

    Abraços,

    Rodrigo

    • Celina disse:

      Olá Rodrigo! Fico feliz que tenha gostado do site!
      Em relação às suas guarnições, não precisa se preocupar em combiná-las com o rodapé (que no seu caso é branco), mesmo que vc tenha as portas envernizadas, por exemplo, não tem problema algum as guarnições serem de madeira e o rodapé branco.
      Caso vc queira que as guarnições sejam brancas também, a minha sugestão é laquear as portas e guarnições, ou simplesmente aplicar uma tinta esmalte, porque vc realmente não vai encontrar uma guarnição exatamente como o seu rodapé no mercado (a não ser que vc mande um marceneiro fazer, aí vc manda fazer a pintura para ficar branca).
      O importante é que as guarnições sejam iguais à porta (se a porta for de madeira, a guarnição deve ser tbm de madeira, se a porta for branca, a guarnição tbm deve ser branca).

      Espero ter ajudado. Qualquer dúvida estou sempre a disposição.

      Abraços

      Celina

  3. luciana marques disse:

    Olá, Bom dia Celina tudo bem? Adorei seu blog. Reformei minha casa e optei pelos rodapés Santa Luzia de poliestireno para locais úmidos como banheiro, lavanderia e varanda. Fiz a compra pela internet, no site http://www.cmarceneiro.com.br/, com bom atendimento e preços atrativos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *